Irmã Scheilla: 5 mensagens e Fraternidade Espírita

Você já ouviu falar da Irmã Scheilla?

Mais do que um nome popular no Espiritismo, ela é um espírito benfeitor, exemplo de amor e dedicação ao próximo.

Neste conteúdo, vamos conhecer a história da Irmã Scheilla e mais cinco mensagens de sua autoria.

Boa leitura!

Irmã Scheilla: Biografia

A Irmã Scheilla é uma personalidade conhecida por duas de suas encarnações.

A mais antiga teria acontecido na França, entre 1572 e 1641.

Nessa passagem, ela se chamava Joana Francisca Frémiot.

Aos 20 anos, casou-se com o barão de Chantal e, ao acompanhar a pregação de seu marido, decidiu seguir pelo mesmo caminho.

Em 1610, então, o casal formou a Congregação da Visitação de Maria, em Annecy.

De 1612 a 1619, a baronesa dirigiu uma das casas, fundada em Paris, tornando-se superiora da Ordem da Visitação, mas depois retornou à sede da Ordem.

Mais de um século após o seu desencarne, em 1767, ela foi canonizada pela Igreja Católica como Santa Joana de Chantal.

A outra reencarnação de que se tem registro deu-se sob o nome de Scheilla.

Desta vez, ela teria vivido na Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi uma passagem curta, pois Scheilla desencarnou aos 28 anos, no campo de batalhas.

Ela atuava como enfermeira e estava a serviço.

Quem foi Irmã Scheilla no Espiritismo?

Scheilla é um nome bastante conhecido na literatura espírita.

Isso porque o espírito da Irmã fez contato com médiuns expressivos, que publicaram obras importantes no Brasil, como Chico Xavier.

Mas o papel da Irmã Scheilla no Espiritismo vai além das mensagens enviadas e divulgadas nos livros.

Scheilla desenvolve um trabalho espiritual bastante relevante, lá da Colônia Espiritual Alvorada Nova.

Irmã Scheilla: a enfermeira do alto

Na sua encarnação mais recente, Scheilla era enfermeira.

Segundo os relatos, dedicava-se inteiramente à profissão, priorizando sempre a dor do outro.

Esse mesmo estilo não só permaneceu, como foi aprimorado no mundo espiritual, e Scheilla passou a ser chamada de Enfermeira do Alto.

Na Colônia Espiritual Alvorada Nova, Scheila coordena uma equipe que forma o Conselho da Casa de Repouso.

Com o apoio de irmãos encarnados, ela promove a cura espiritual de espíritos nos dois planos.

O Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla, localizado em Belo Horizonte (MG), opera na Espiritualidade trazida pela Irmã Scheilla.

Segundo a história do Grupo, em 16 de outubro de 1949, o espírito Scheilla avalizou a instalação do primeiro Grupo da Fraternidade no País e se pronunciou da seguinte forma:

“Meus amigos, que a paz do Mestre fortifique os nossos propósitos. O nosso Grupo da Fraternidade será um dos balaústres que proporcionará a nós e a todos que dele se aproximarem, momentos de recompensa e de alegria íntima! Breve estaremos conseguindo belos trabalhos que irão propiciar-nos renovadas e crescentes alegrias. Que o Pai nos ouça e nos abençoe!”

Irmã Scheilla: 5 mensagens

A Irmã Scheilla nos presenteou com belíssimos pensamentos e valiosos ensinamentos transmitidos com a ajuda dos médiuns espíritas.

Confira a seguir cinco mensagens:

1. Luz no Lar

Organizemos o nosso agrupamento doméstico do Evangelho. O Lar é o coração do organismo social.

Em casa, começa nossa missão no mundo.

Entre as paredes do templo familiar, preparamo-nos para a vida com todos.

Seremos, lá fora, no grande campo da experiência pública, o prosseguimento daquilo que já somos na intimidade de nós mesmos.

Fujamos à frustração espiritual e busquemos no relicário doméstico o sublime cultivo dos nossos ideais com Jesus. O Evangelho foi iniciado na Manjedoura e demorou-se na casa humilde e operosa de Nazaré, antes de espraiar-se pelo mundo.

Sustentemos em casa a chama de nossa esperança, estudando a Revelação Divina, praticando a fraternidade e crescendo em amor e sabedoria, porque, segundo a promessa do Evangelho Redentor, “onde estiverem dois ou três corações em Seu Nome”, aí estará Jesus, amparando-nos para a ascensão à Luz Celestial, hoje, amanhã e sempre.

Fonte: Livro Luz no Lar, psicografado por Chico Xavier.

2. A Receita Exata

Há três atitudes que podem te ajudar a alcançar mais paz por dentro.

A prece sincera abrirá teu coração, a fim de estabeleceres contatos com as energias do Mais Alto.

O trabalho no Bem te permitirá higienizar a mente e te conduzirá a conquistas maiores.

O amor pelos sofredores te auxiliará a vencer a ti mesmo, para que encontres o Pai em teu coração.

Prece, trabalho e amor constituem a receita exata para que a luz do teu espírito se espalhe iluminando teus passos.

Fonte: Livro Novas Mensagens – De Scheilla para Você, psicografado por Clayton B. Levy.

3. Pensar e Querer

O homem foi capaz de desenvolver sofisticados radares para detectar presença estranha a longa distância, mas ainda não conseguiu estabelecer um sistema de vigilância em torno da própria mente.

Todo pensamento estabelece uma sintonia. Pensando a criatura interage sobre seus semelhantes, estabelecendo ligações, conforme o campo mental que a envolve. Se a situação é gerada por pensamentos infelizes, estabelecem-se as presenças indesejáveis, oriundas do plano extrafísico, consolidando, assim, o início de processos obsessivos que poderão aprisionar a pessoa em dolorosos processos de subjugação.

Entretanto cabe ressaltar que, entre a abordagem do pensamento infeliz e a sua aceitação em nosso campo mental, há uma distância a ser percorrida.

No mundo, pensamentos infelizes ocorrem a todos. Cabe-nos, porém, a devida vigilância, para rebatê-los com o escudo do bom senso, a fim de que nossa vida interior se desenvolva em base de equilíbrio desejável.

Pensa com amor, e a luz do teu pensamento te iluminará por dentro.

Fonte: Livro A Mensagem do Dia, psicografado por Clayton B. Levy.

4. Semear Esperança

Eles existem aos milhões.

Habitam casebres e palácios.

Muitos ocultam-se sob o verniz de posições transitórias.

São os desesperados do mundo.

Você os encontrará nas ruas, no local de trabalho, em seu próprio lar.

Criaturas que se viram colhidas pela provação e perderam o ânimo e o equilíbrio.

Este viu o afeto partir para o além, sem compreender que a vida continua.

Aquele foi alcançado pela enfermidade de longo curso.

Outro se viu ante decepções e passou a desacreditar de todos.

Diante deles, não critique nem questione. Ajude. Ouça com interesse e auxilie com amor.

Cada espírito é um campo a ser cultivado.

Semear esperança é dever de todo aquele que já encontrou a luz da verdade.

Por certo, a Misericórdia Divina sabe como amparar os sofredores. Entretanto, Jesus não dispensa a colaboração de todos os aprendizes do bem, para amenizar o sofrimento e recuperar a esperança para quem chora.

Fonte: Livro A Mensagem do Dia, psicografado por Clayton B. Levy.

5. Saúde e Amor

Se buscas a saúde física e psíquica de forma integral, aprende a amar.

Assim como a linfa que brota da fonte converte-se no rio que irriga o solo por onde passa, o amor que nasce do coração fraterno transforma-se em energia luminosa, favorecendo o equilíbrio das células.

Quem já aprendeu o valor do verdadeiro amor sabe sair de si mesmo para ir ao encontro do semelhante.

Por isso, não conhece a solidão.

Fonte: Livro Novas Mensagens – De Scheilla para Você, psicografado por Clayton B. Levy.

Histórias relacionadas ao espírito Irmã Scheilla

Divaldo Franco, um dos maiores médiuns e palestrantes espíritas, compartilha uma de suas histórias com a Irmã Scheilla.

Na ocasião, em que Chico Xavier também estava presente, a Enfermeira do Alto surge para curar uma inflamação de garganta que estava o incomodando bastante.

Acompanhe a contação de Divaldo sobre a cirurgia espiritual ilustrada por uma animação:

Prece Irmã Scheilla

Além das mensagens, a Irmã Scheilla também nos deixou uma linda prece, que foi publicada no livro Visão Nova, de Chico Xavier.

Veja a Prece de Amor:

“Amado Jesus!

Suplicando abençoes a nossa casa de fraternidade, esperamos por teu amparo, a fim de que saibamos colocar em ação o amor que nos deste.

Auxilia-nos a exercer a compaixão e o entendimento, ensinando-nos a esquecer o mal e a cultivar o bem, na paciência e na tolerância uns para com os outros.

Ajuda-nos a compreender e servir, para que a nossa fé não seja inútil.

Faze-nos aceitar na caridade o esquema de cada dia e induze-nos os braços ao trabalho edificante para que o nosso tempo não se torne vazio.

Sobretudo, Senhor, dá-nos humildade, a fim de que a humildade nos faça dóceis instrumentos nas tuas mãos.

E, agradecendo-te o privilégio do trabalho, em nosso templo de oração, louvamos a tua Infinita Bondade hoje e sempre.”

Música: Hino a Scheilla

Em homenagem à sua personalidade e seu glorioso trabalho na Espiritualidade, Scheilla ganhou uma música.

Confira a letra:

“Vamos unidos a Scheilla

Numa alegria sem fim

Cantar como os passarinhos

Que esvoaçam no jardim

Essa flor tão delicada

Quando está juntinho a nós

Deixa sempre o seu perfume

E o calor de sua voz

 

Irmã Scheilla, tão querida,

Vem trazer-nos esta luz

Que ilumina nossas vidas

Nos caminhos de Jesus

 

Ao enfermo que espera

Caridade, paz e amor

Levaremos nesta noite

Lenitivo a sua dor

Como bons samaritanos

E a Scheilla a nos guiar

Seguiremos confiantes

Sempre alegres a cantar

 

Irmã Scheilla, tão querida,

Vem trazer-nos esta luz

Que ilumina nossas vidas

Nos caminhos de Jesus.”

Conclusão

A Irmã Scheilla é um espírito iluminado, um verdadeiro exemplo de amor ao próximo.

Sua história e seu trabalho na Espiritualidade servem de inspiração para todos os encarnados.

Como diz o Hino a Scheilla, como bons samaritanos, vamos nos unir a ela e, com o seu guia, seguiremos pelos caminhos de Jesus.

Gostou deste conteúdo sobre a Irmã Scheilla? Então, aproveite o espaço ao final do texto para escrever o seu comentário.

Se ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco.

E, ainda, se quiser ver outro tema sendo abordado por aqui, faça uma sugestão de assunto para a nossa equipe pelo formulário de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *