Psicografia: o que é? 3 cartas psicografadas de famosos

Embora seja um dos tipos mais comuns de mediunidade, nem todo mundo sabe o que é psicografia e como ela é realizada.

Por isso, neste conteúdo, vamos explicar sobre essa capacidade dos médiuns e tratar dos conteúdos das mensagens que geralmente são enviados.

De quebra, você confere cartas psicografadas de famosos.

Acompanhe até o final!

O que é psicografia no Espiritismo?

A psicografia é um tipo de mediunidade que consiste em mensagens escritas pelos médiuns que são ditadas pelos espíritos.

Psico vem do grego psykhé e quer dizer “alma”, enquanto grafia significa escrita.

Em O Livro dos Médiuns (Capítulo XIII – Segunda Parte), Allan Kardec cita dois tipos de psicografia: a direta e a indireta.

A indireta era bastante comum na época em que o professor codificou a doutrina.

Nela, os espíritos usavam uma espécie de caneta-tinteiro presa a uma cesta-pião ou em pranchetas como auxílio para se comunicar.

Com o passar do tempo, esse método deixou de ser amplamente utilizado e deu mais espaço à psicografia direta.

No processo direto, a comunicação é feita com a própria mão do médium, que precisa apenas de um lápis (ou caneta) e papel para transmitir a mensagem.

Cabe acrescentar ainda que a psicografia pode ser consciente, semi mecânica ou mecânica.

Isto é, o médium pode ter total, pouca ou nenhuma consciência durante a comunicação.

Qual o objetivo da psicografia e da comunicação dos espíritos desencarnados para encarnados?

A vida terrena é apenas uma passagem, ou seja, uma breve experiência na Terra que nos permite subir alguns degraus na escada da evolução espiritual.

O corpo físico é efêmero, mas o espírito é eterno.

Então, ora, se a vida continua após a morte, os laços de afinidade entre os encarnados e desencarnados também permanecem, ainda que em outro plano.

Assim, mesmo que ligados em sintonia, a psicografia viabiliza a comunicação de modo mais concreto dos desencarnados (Mundo Espiritual) para os encarnados (Mundo Material).

De forma geral, as mensagens dos espíritos estão sempre atreladas a um mesmo objetivo: demonstrar que a vida não termina nesta existência e que os espíritos continuam sempre presentes.

As comunicações ainda servem para atribuir uma visão mais responsável sobre as nossas ações aqui na Terra.

Como os espíritos se comunicam com a gente?

A conexão entre o mundo físico e o espiritual é bastante peculiar. Sendo o perispírito a chave de todo o intercâmbio e de comunicação entre estes dois mundos.

Isso porque os espíritos se comunicam através dos pensamentos e no caso da psicografia, isto ocorre através da afinidade existente entre o perispírito do médium e o perispírito do espírito comunicante.

Em O Livro dos Médiuns, Kardec explica que todos nós somos médiuns, em maior ou menor grau.

No Capítulo XIV – Parte Segunda da obra, ele esclarece que “toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Essa faculdade é inerente ao homem (…).”

E salienta: “Deve-se notar, ainda, que essa faculdade não se revela em todos da mesma maneira”.

Alguns de nós, possivelmente a maioria, não possuem as faculdades mediúnicas desenvolvidas e, por essa razão, não somos capazes de perceber os sinais dos espíritos.

Outros, por sua vez, têm a mediunidade mais aflorada.

Os médiuns podem apresentar diferentes categorias, entre elas, há os psicógrafos.

A psicografia está entre as principais espécies de manifestações mediúnicas e é considerada um tipo muito simples e muito completo. Existem milhares de livros psicografados em todas as partes do mundo, provando que a vida continua.

Quanto tempo um espírito demora para se comunicar após desencarnar?

Quem acompanhou Chico Xavier em sua vida sempre atuante, ouvia-lhe dizer que “o telefone toca de lá pra cá”.

Essa afirmação se referia às comunicações espontâneas dos espíritos.

Acontece que, no mundo espiritual, assim como no físico, também há regras e procedimentos.

Os desencarnados podem ou não receber permissão para enviar mensagens aos entes queridos.

Por isso, não há um tempo determinado para a comunicação após o desencarne.

Tudo depende do merecimento e da necessidade.

Além disso, nem sempre um espírito está em condições de se comunicar.

Se ele desencarnou recentemente, por exemplo, pode precisar de um tempo para se recuperar.

Quem espera a comunicação de um espírito desencarnado deve aguardar com fé, mas sempre ciente de que seu ente querido está vivo, em um outro plano de ação.

Alguns sinais da mediunidade de psicografia

A mediunidade, como vimos, é a capacidade de se comunicar com os espíritos.

A psicografia, por sua vez, é uma das formas que a mediunidade se manifesta.

Os médiuns psicógrafos identificam suas faculdades através de alguns sinais.

Os principais são: formigamento nas mãos e dores nas mãos antes e durante uma sessão ou manifestação mediúnica.

Esses indícios, por outro lado, podem ser similares a sintomas de doenças e lesões.

Por essa razão, é preciso ter muito cuidado no reconhecimento da sensibilidade.

É importante observar outros aspectos associados aos sinais que também estão relacionados à mediunidade, como intuições, instabilidade emocional, fortes impressões sobre pessoas e lugares, calafrios e sudorese, etc.

Para saber mais sobre os sintomas da mediunidade, leia o artigo Mediunidade: Tipos, Exemplos, Como Desenvolver e Livros Confiáveis.

Alguns tipos de mensagens recebidas através da psicografia

Os espíritos podem se comunicar através da psicografia por diferentes razões.

Entre as principais, podemos destacar:

1 – Mensagens psicografadas sobre a pandemia

Nos tempos de pandemia, a humanidade tem passado por terríveis aflições, mas as mensagens dos espíritos nos ajudam a interpretar os acontecimentos.

A pandemia é o início de uma nova era, em que a Terra deixa de ser um planeta de provas e expiações para se tornar um mundo de regeneração.

As psicografias, além de retratar as ações do mundo espiritual, também ajudam a acalmar os corações e fornecer orientações sobre os cuidados a serem tomados do ponto de vista espiritual, moral e físico, como os agentes causadores das enfermidades.

2 – Mensagens psicografadas para familiares

As psicografias, muitas vezes, são direcionadas aos familiares encarnados.

Os espíritos que estão no plano astral costumam enviar mensagens para seus entes queridos com informações sobre suas vidas no mundo espiritual com o intuito de consolar aqueles que sentem a dor da sua “perda”.

Eles também fazem pedidos e dão avisos quando há necessidade.

3 – Mensagens psicografadas de espíritos superiores

Espíritos superiores, que são aqueles que atingiram graus mais elevados de evolução, também se comunicam com o mundo físico por meio de psicografia.

Eles utilizam esse canal para enviar belíssimas mensagens de reflexão e valiosos ensinamentos aos encarnados que precisam de auxílio em suas jornadas terrenas.

Livros psicografados

A bibliografia espírita é muito vasta, e a maioria das obras publicadas são psicografadas.

Quase todos os livros de Chico Xavier e Divaldo Franco, por exemplo, foram ditados por espíritos.

Entre os títulos publicados em nome de Divaldo há um em especial chamado Cartas de Yvonne, que traz as mensagens que os médiuns trocaram ao longo dos anos, relatando suas experiências como médiuns em formação e a seriedade com que a mediunidade deve ser desenvolvida.

O livro pode ser comprado no site da Federação Espírita Brasileira.

As cartas psicografadas por Chico Xavier

Chico Xavier foi um dos maiores médiuns e psicógrafos brasileiros.

Ele dedicou mais de 70 anos à espiritualidade e, através de cartas psicografadas, ajudou a consolar milhares de famílias que haviam perdido seus entes queridos.

No filme “As mães de Chico Xavier”, é possível acompanhar o retrato desse belíssimo trabalho.

Além das cartas, Chico também psicografou inúmeras obras.

Não se sabe ao certo quantos livros Chico Xavier psicografou, afinal, pode ter havido rascunhos não divulgados.

Entretanto, entre os publicados, foram mais de 450 títulos.

Nosso Lar, Missionários da Luz, Paulo e Estêvão, Parnaso de Além-Túmulo, A Caminho da Luz e Os Mensageiros são alguns dos livros psicografados por Chico Xavier.

Tendo ultrapassado a marca de 50 milhões de exemplares vendidos, Chico tornou-se o escritor brasileiro com maior sucesso comercial da história.

Além de seu lindo trabalho de consolação e ensinamento, ele também nos presenteou com pensamentos valiosíssimos.

Veja só uma mensagem de Chico Xavier sobre a vida:

“Na vida, não vale tanto o que temos, nem tanto importa o que somos. Vale o que realizamos com aquilo que possuímos e, acima de tudo, importa o que fazemos de nós.”

Uma verdadeira reflexão, não é mesmo?

Saiba mais sobre a trajetória de Chico Xavier no artigo Chico Xavier: Biografia – Conheça filmes, livros e mais.

3 cartas psicografadas mais divulgadas

As psicografias dos famosos estão sempre entre as mais divulgadas.

A seguir, você confere três cartas psicografadas emocionantes que foram compartilhadas na mídia.

1. Carta psicografada de Cássia Eller

A cantora Cássia Eller desencarnou em 2001 e enviou a mensagem em 2005.

Veja um trecho:

“Se eu disser para vocês que o inferno existe, acreditem, pois eu estava mergulhada nele, de corpo e alma, num espaço sombrio e frio, bem interno do ser, dos pés à cabeça, sem tempo, sem luz, nem descanso e afogava-me, a cada segundo, num oceano de matéria viscosa que roubava até minha ilusória alegria… Naquele lugar não havia luz, somente nuvens cinza e chuvas com raios e trovões, gritos estridentes e desesperados, gemidos surdos, pedidos de socorro, lágrimas, desalento, tristeza e revolta…”

Confira a carta completa em: http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/noticia/2015/06/carta-psicografada-que-seria-de-cassia-eller-e-divulgada-nas-redes-sociais-4784066.html

2. Carta psicografada de Leandro, da dupla Leandro e Leonardo

Leandro, cantor sertanejo da dupla com Leonardo, enviou a carta em 2003, cinco anos após o seu desencarne.

Veja um trecho:

“A caminho do campo Santo, eu [ Leandro ] via uma multidão incalculável acompanhando o cortejo que muitas vezes em vida, eu chegava imaginar que jamais aquilo aconteceria comigo. Chegamos no local onde uma saliência côncava me esperava e, ali, após ouvir através das vozes dos meus queridos admiradores, o romantismo de mais uma de nossas canções, desceram minha caixa a uma vala, jogaram flores e a doce terra goiana sobre ela e, todos dali, saíram rezando e chorando, sentindo minha ausência física.”

Confira a carta completa em : https://www.otvfoco.com.br/leandro-da-dupla-com-leonardo-volta-em-carta-psicografada-emocionante-e-da-detalhes-de-sua-morte/

3. Carta psicografada de Hebe Camargo

A apresentadora Hebe Camargo, desencarnada em 2012, mandou notícias do plano espiritual após cinco anos.

Veja um trecho:

“Eu, como Hebe, convivi grande parte de minha existência, enquanto encarnada, envolta às luzes dos refletores da TV, me dirigindo ao público, procurando levar entretenimento às pessoas, me sinto na obrigação de esclarecer, para aqueles aos quais chegam as mensagens, que aqui existe a vida”.

Confira a carta completa em: https://observatoriodosfamosos.uol.com.br/noticias/apos-5-anos-hebe-camargo-teria-enviado-carta-psicografada-para-medium-veja-texto

2 cartas psicografadas de espíritos suicidas

Não são apenas as cartas de espíritos ilustres que repercutem.

As mensagens daqueles que atentaram contra a própria vida também despertam o interesse de muita gente.

A carta de um suicida psicografada é uma prova de que a vida continua e serve de auxílio para aqueles que estão em sofrimento.

Acompanhe duas mensagens enviadas por espíritos suicidas:

1. Espírito suicida queria voltar atrás

“Ah, se eu pudesse voltar atrás! O que eu não daria para estar novamente naquela janela do 18º andar e ter alguém que me dissesse: Não vá! Não pule! Você é importante para mim! Quanto é duro acordar para a realidade da vida e saber que os meus anseios eram apenas ilusão. A vida continua. Os meus problemas se intensificaram, as minhas dores triplicaram.”

Carta completa disponível em: http://www.jesusnazare.com.br/carta-de-um-suicida/

2. Espírito suicida pede por preces

“Estou preso em um quarto escuro. Não vejo nada, mas ouço gritos, gemidos e queixas de dores atrozes. Vou apalpando para ver se encontro uma porta, uma janela ou uma fresta, mas nada. Uma pessoa às vezes aparece e diz: ‘Porque cometeste a falta mais grave que um ser humano pode fazer? Sois um suicida.’”

Carta completa disponível em: https://www.mensagemespirita.com.br/md/ad/psicografia-de-um-espirito-suicida-que-pede-preces

A contribuição da mediunidade de psicografia para a humanidade

A psicografia não só ajuda a consolar milhares de pessoas que perderam entes queridos, como também auxilia a humanidade a manter a fé e andar no caminho do bem.

No Século XIX (1857), temos a contribuição da psicografia para a codificação do Espiritismo, em que parte das obras foram baseadas em revelações escritas por médiuns em diversas partes do mundo.

A bibliografia espírita nacional também se fundamenta quase em totalidade pela psicografia.

Conclusão

Como vimos neste conteúdo, a psicografia é a capacidade de escrever mensagens ditadas pelos espíritos.

É uma das manifestações mais comuns de mediunidade, tendo sido praticada por grandes expoentes do Espiritismo no Brasil, como Chico Xavier e Divaldo Franco.

Gostou deste conteúdo sobre o que é psicografia? Então, aproveite o espaço ao final do texto para escrever o seu comentário.

Se ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco.

E, ainda, se quiser ver outro tema sendo abordado por aqui, faça uma sugestão de assunto para a nossa equipe pelo formulário de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *