Pular para o conteúdo

3 tipos de reencarnação: quais são os objetivos e etapas

Os tipos de reencarnação dados como oportunidade de renascimento no Planeta Terra são equivalentes ao nível de esclarecimento do espírito que as irá experienciar.

Isso acontece para que todos recebam os desafios proporcionais às faltas que tenham cometido e à possibilidade que possuem de depurá-las. Além disso, novas experiências positivas também farão adiantar o Espírito em desenvolvimento.

Ou seja, o caminho da evolução existe para todos os seres, mas estes são apresentados de formas distintas, de acordo com a capacidade e compreensão de cada um.

Neste texto, vamos explicar quais são os tipos de reencarnação, quais seus objetivos e etapas.

Acompanhe!

Objetivos da reencarnação, segundo o Espiritismo

A existência da reencarnação é um dos princípios que formam a base da Doutrina Espírita.

Em um mundo de provas e expiações, evoluindo para um mundo de regeneração, a Terra acolhe inúmeras almas que necessitam da experiência material para evoluir.

Ou seja, é o processo no qual o espírito recebe um novo corpo físico para prosseguir o caminho de sua transformação  moral e espiritual.

Ademais, esta nova oportunidade tem o intuito de fazer com que a criatura possa depurar todo o mal causado em suas encarnações pregressas e desenvolva suas nobres potencialidades no convívio com as demais pessoas.

Assim sendo, o objetivo da reencarnação, segundo o Espiritismo, é servir como mecanismo divino para a evolução espiritual.

3 tipos de reencarnação

As almas encontram-se em distintos graus evolutivos.

Portanto, nem todas contam com conhecimentos e esclarecimentos suficientes para planejar e cumprir as determinações de seu planejamento reencarnatório.

No entanto, todos têm o direito a uma nova chance.

Por isso, existem 3 tipos de reencarnação que se adequam à frequência vibratória de cada indivíduo.

Vejamos a seguir quais são eles:

1. Reencarnação compulsória

A reencarnação compulsória acontece sem a prévia concordância do espírito.

Esse tipo de reencarnação é direcionado às almas que ainda estão muito apegadas à matéria e encontram-se em baixo grau de evolução espiritual.

Consequentemente, são seres que colecionam muitos vícios, rancores, obsessões e vibração moral negativa.

Dessa forma, são seus guias e mentores espirituais que tomam as decisões para sua próxima encarnação, sem dar-lhes o direito de escolha. Seus abusos tolheram-lhe este direito que poderá ser readquirido caso cumpra bem sua nova oportunidade de vida na Terra.

Aquele que vivencia a reencarnação compulsória, recebe as condições necessárias para seu progresso.

Contudo, é comum que haja muitas provações, como privações econômicas, físicas ou mentais.

No entanto, é uma etapa necessária para seu crescimento e libertação.

2. Reencarnação mista

A reencarnação mista é consequência do livre-arbítrio do espírito que decide por conta própria reencarnar.

Tomada a decisão, pede-se o auxílio dos guias e mentores para que seja feito o planejamento reencarnatório.

Nesta etapa, são levados em conta os débitos e méritos da alma, de acordo com seu grau evolutivo.

Afinal, é fundamental propiciar um ambiente compatível com a sua necessidade de evolução.

Há aqueles que desejam reencontrar-se com desafetos do passado para solucionar pendências morais, por exemplo.

Além disso, há espíritos que escolhem vir com alguma mazela física ou privação material para aprender a lidar com a escassez.

Assim como podem também escolher um trabalho nobre e edificante que lhe dê oportunidades de crescimento moral e espiritual.

3. Reencarnação livre

A reencarnação livre é permitida somente para almas com alto grau de pureza e evolução.

Estes espíritos não têm mais a necessidade de reencarnar, mas o fazem com um propósito maior. É a chamada reencarnação por MISSÃO.

Ou seja, tais seres elevados renascem com o intuito de auxiliar o progresso de seus irmãos menos evoluídos.

Dessa forma, a descoberta da cura de doenças graves, os grandes avanços científicos e tudo mais o que possa ocorrer de positivo é obra destes espíritos de luz.

Sua chegada é prova de um amor fraternal.

Afinal, eles decidem retornar a um mundo de tanto sofrimento para trazer alento e esperança.

6 etapas da reencarnação

Tanto a reencarnação compulsória quanto a mista e a livre carecem de 6 etapas para que sejam totalmente concluídas.

Isso se explica pelo fato de tratar-se de um processo muito importante, complexo e delicado, que necessita de máxima atenção.

A seguir, vamos explicar cada uma dessas etapas.

Continue a leitura até o final.

1. Planejamento reencarnatório

O planejamento reencarnatório acontece durante o período de tempo necessário para que o espírito compreenda e se comprometa com seu propósito.

É uma etapa bastante delicada, afinal, nem sempre o sofrimento é inevitável para a evolução, mas constitui um mecanismo divino de recuperação.

2. Arquitetura espiritual do corpo físico

Meses antes da concepção, ocorre a preparação espiritual do perispírito para o acoplamento ao novo corpo físico.

3. Contato fluídico com os pais

Semanas antes da concepção, inicia-se a aproximação com os pais.

Isso normalmente acontece durante o momento de sono do casal , no qual ocorre o desdobramento e a recepção do Espírito que tem necessidade e merecimento de uma nova existência.

Dessa forma, os futuros pais também se comprometem com tal responsabilidade, compreendendo a importância desta missão para sua evolução.

Essa fase nem sempre é fácil, e podem acontecer episódios de revolta e rejeição.

4. Ligação do espírito a matéria

Dias antes da concepção, ocorre a redução perispiritual.

Isso acontece para que ele consiga ser ligado à matéria.

Em seguida, há a seleção do espermatozóide e a fecundação, ou seja, a vinculação inicial do corpo com o espírito.

5. Formação do feto

A partir da  concepção, o embrião torna-se feto e segue o percurso da gestação que pode durar até nove meses.

Os fatores que fazem com que um indivíduo nasça de forma prematura ou prolongada podem se relacionar a questões físicas ou espirituais.

No entanto, recomenda-se que toda a gestação seja acompanhada e que os cuidados com a saúde sejam tomados.

6. Adaptação à vida

Somente sete anos após o nascimento é que ocorre a vinculação completa entre corpo e espírito.

Nesta fase, o indivíduo ainda está se adaptando ao mundo material, portanto, carece de maiores cuidados.

Qual a diferença entre encarnação e reencarnação?

O termo encarnação é definido como a entrada do espírito no corpo físico.

Já a reencarnação refere-se a uma nova chance de habitar a carne, e isso acontece quantas vezes for preciso para que a alma progrida.

Reencarnar na mesma família seria possível?

Não só é possível, como é bastante comum o reencarne de espíritos na mesma família.

Isso acontece por causa da forte ligação entre os seres destinados a compor o mesmo núcleo familiar.

Afinal, quando se convive com alguém, pode-se lapidar a relação de modo a redimir erros do passado e auxiliar no progresso mútuo.

Embora não seja uma tarefa simples, é uma grande chance de reparar erros do passado.

Além disso, há espíritos que se unem pela afeição ou que precisam passar por desafios semelhantes.

Dessa maneira, é permitido que reencarnem na mesma família para que sirvam de amparo um ao outro.

Quando paramos de reencarnar?

A quantidade de reencarnações é proporcional à necessidade de evolução do espírito.

Portanto, não há um número pré-estabelecido.

Isso significa que paramos de reencarnar quando conquistamos progresso suficiente para habitar mundos mais elevados.

Para isso, é fundamental aproveitarmos a oportunidade presente para trabalharmos em nossa edificação moral.

Confira a seguir algumas ações que aproximam da libertação espiritual:

  1. Reconheça sua origem espiritual
  2. Agradeça pela oportunidade da reencarnação
  3. Pratique o perdão
  4. Faça preces
  5. Realize o Evangelho no Lar
  6. Invista em sua reforma íntima
  7. Reforce sua fé
  8. Tenha Jesus como seu modelo e guia.

Adotando as atitudes citadas acima, o indivíduo abre mão do orgulho, egoísmo e materialismo.

Compreendendo sua natureza espiritual, observa-se a grandiosidade de ter outra chance para acertar e depurar os erros do passado.

Vídeos sobre a reencarnação

Assistir a vídeos que falem sobre a reencarnação também auxilia em demasia a compreender esta grande oportunidade que recebemos.

Afinal, dessa forma, somos capazes de visualizar as nuances deste processo e a misericórdia divina.

Portanto, confira abaixo uma sequência de conteúdos edificantes e esclarecedores sobre o tema.

Gestação e Reencarnação, por Chico Xavier

Neste vídeo, o médium Chico Xavier nos explica sobre o processo da gestação e da reencarnação.

Vale a pena conferir para melhor entender a complexidade e responsabilidade de receber um espírito que continuará trilhando o caminho de seu crescimento e reforma moral.

Assista:

Reencarnação e suicidas, por Chico Xavier

O conteúdo a seguir, também ministrado pelo médium Chico Xavier, nos explicita sobre a reencarnação e os suicidas.

Os espíritos que tomam a triste decisão de acabar com sua existência física sofrem duras consequências.

Afinal, este ato os aproxima de criaturas inferiores que vão acentuar sua dor e atrasar seu avanço.

Portanto, quando recebem novamente a oportunidade de reencarnar, precisam passar por lições muito significativas no plano terreno.

Assista:

A lógica da reencarnação, por Divaldo Franco

De modo didático e esclarecedor, o médium Divaldo Franco explica no conteúdo a seguir a lógica da reencarnação.

Dessa maneira, a compreensão sobre este fenômeno será ampliada, gerando inspiração para que possamos aprimorar cada vez mais nossa jornada espiritual.

Assista:

Conclusão

Como vimos, os tipos de reencarnação têm o objetivo de permitir que o espírito tenha uma nova chance de conquistar sua reforma íntima.

Dessa forma, até a criatura que ainda não possui esclarecimento para tomar atitudes positivas em relação ao seu futuro, tem a oportunidade de contar com uma equipe que os assista.

Portanto, torna justa as etapas da reencarnação, sob a vontade de nosso Criador.

E então, gostou do nosso artigo?

Você conhecia os tipos de reencarnação?

Deixe um comentário no espaço abaixo!

Se quiser sugerir algum tema, preencha nosso formulário de contato e mande sua ideia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *