Cirurgia espiritual: o que é e como funcionam as curas espirituais

cirurgia espiritual

Já ouviu falar sobre cirurgia espiritual, mas não sabe como funciona?

Ela é uma prática bastante conhecida no meio espírita.

Neste artigo, você vai ficar por dentro deste recurso da medicina espiritual e ainda vai entender o que é mediunidade de cura segundo o Espiritismo.

Acompanhe até o final!

O que é cirurgia espiritual?

O que é cirurgia espiritual?

A cirurgia espiritual é um dos recursos utilizados por médiuns curadores para a cura espiritual.

É, portanto, uma prática da medicina espiritual.

Assim como o nome sugere, a cirurgia espiritual é uma intervenção fluídica realizada no corpo perispiritual do indivíduo doente.

Embora vise tratar o espírito, a cirurgia espiritual tem efeitos também no corpo físico.

Como funciona a cirurgia espiritual?

Para realizar a cirurgia espiritual, os médiuns de cura podem executar suas tarefas de maneira magnética (utilizando seus próprios fluidos e capacidades) ou podem estar vinculados a entidades espirituais como médicos desencarnados.

Em alguns casos, o tratamento requer toques (assistidos) mais precisos no corpo físico do doente e até o uso de curativos, mas, em outros, apenas a imposição das mãos sobre a área ferida é suficiente.

De qualquer modo, os fluidos espirituais benéficos são transmitidos para o indivíduo, a fim de que o espírito se restabeleça e promova a cura.

Na cirurgia, é mais comum o paciente ficar em uma sala com iluminação reduzida , deitado em uma cama e coberto por um lençol branco.

Já a posição pode variar, de barriga para cima ou de bruços.

O médium e a sua equipe, por sua vez, ficam em volta do paciente para realizar o procedimento.

Preparos e cuidados

Normalmente, há algumas orientações pré e pós-cirurgia espiritual, muito semelhantes às cirurgias convencionais.

Recomenda-se a abstenção de algumas práticas, como fazer sexo, fumar e beber álcool.

O consumo de carne vermelha e aves, vísceras, embutidos e condimentos, no geral, também deve ser suspenso.

Mediunidade de Cura segundo o Livro dos Médiuns, de Allan Kardec

O que é cirurgia espiritual?

Em O Livro dos Médiuns, Allan Kardec esclarece que a mediunidade de cura é a capacidade de proporcionar a cura aos encarnados sem o uso de medicações, apenas pelo toque, olhar ou simples gestos.

Embora a definição induza ao magnetismo, na obra, ele acrescenta que, em muitos médiuns curadores, a faculdade é espontânea:

“Dir-se-á, sem dúvida, que isso mais não é do que magnetismo. Evidentemente, o fluido magnético desempenha aí importante papel; porém, quem examina cuidadosamente o fenômeno sem dificuldade reconhece que há mais alguma coisa. A magnetização ordinária é um verdadeiro tratamento seguido, regular e metódico; no caso que apreciamos, as coisas se passam de modo inteiramente diverso. Todos os magnetizadores são mais ou menos aptos a curar, desde que saibam conduzir-se convenientemente, ao passo que nos médiuns curadores a faculdade é espontânea e alguns até a possuem sem jamais terem ouvido falar de magnetismo. A intervenção de uma potência oculta, que é o que constitui a mediunidade, se faz manifesta, em certas circunstâncias, sobretudo se considerarmos que a maioria das pessoas que podem, com razão, ser qualificadas de médiuns curadores recorre à prece, que é uma verdadeira evocação.”

4 sintomas depois da cirurgia espiritual

imagem: freepik

Assim como acontece em cirurgias tradicionais, a cirurgia espiritual pode provocar efeitos colaterais.

Entre os principais sintomas estão:

1. Dores

As dores podem estar relacionadas ao local operado ou não.

Em muitos casos, os indivíduos sentem apenas dor de cabeça.

2. Alterações no trato intestinal

O hábito intestinal também pode sofrer mudanças.

A principal delas é a diarreia.

3. Desconfortos no estômago

Além do intestino, o estômago é um órgão que pode provocar sintomas.

Náuseas, por exemplo, são um dos sinais pós-cirurgia espiritual.

  1. Mal estar

Algumas pessoas relatam ainda mal estar geral.

Tonturas e sensação de fraqueza podem acontecer.

Quanto tempo dura a cirurgia espiritual?

cirurgia espiritismo

Ao contrário dos procedimentos cirúrgicos tradicionais, que podem levar horas, a cirurgia espiritual é rápida.

Bastante rápida, na verdade.

Em muitos casos, ela pode durar menos de um minuto.

Isso, é claro, sem contar o tempo que o paciente leva para entrar na sala e se acomodar no lugar onde a cirurgia será realizada.

É normal sentir dor após cirurgia espiritual?

Como vimos entre os sintomas da cirurgia espiritual, a dor é um efeito colateral existente.

Mas nem sempre o indivíduo pode apresentá-la.

Vale lembrar que o procedimento é indolor, uma vez que a cirurgia espiritual não é feita no corpo físico, mas sim no corpo espiritual.

Caso o paciente sinta dor após o procedimento, recomenda-se tomar água fluidificada.

Como receber cura espiritual?

Como receber cura espiritual?

Os indivíduos que se submetem à cirurgia espiritual vão em busca da cura.

Ainda que o recurso tenha essa finalidade, não é certo afirmar que o procedimento é eficaz dessa maneira.

Isso porque a cura se dá pelo reajuste do Espírito.

A cirurgia é apenas uma intervenção que ajuda nesse propósito.

Além da cirurgia espiritual, há outras abordagens terapêuticas, como aplicação de passes, fluidoterapia e desobsessão.

Tratamento espiritual

O tratamento espiritual pode ser realizado presencialmente ou a distância – normalmente, quando o paciente não tem condições de se locomover.

Nesse caso, é recomendado que, durante o tratamento, o receptor mantenha-se em silêncio e em prece.

Dependendo das circunstâncias, há também grupos de oração que se dirigem até a casa do indivíduo doente para prestar assistência espiritual.

Seja qual for a prática e o modelo adotados, o tratamento espiritual, de modo geral, tem o objetivo de estabelecer o equilíbrio espiritual dos atendidos.

E, a partir disso, prover a solução ou o alívio para problemas e necessidades apresentados, como explica Emmanuel, no livro Pão Nosso (Lição nº 44), psicografado por Chico Xavier:

“O enfermo pretenderá o reajustamento das energias vitais, entretanto cabe-lhe conhecer a prudência e o valor dos elementos colocados à sua disposição na experiência edificante da Terra. Há criaturas doentes que lastimam a retenção no leito e choram aflitas, não porque desejem renovar concepções acerca dos sagrados fundamentos da vida, mas por se sentirem impossibilitadas de prolongar os próprios desatinos. É sempre útil curar os enfermos, quando haja permissão de ordem superior para isto, contudo, em face de semelhante concessão do Altíssimo, é razoável que o interessado na bênção reconsidere as questões que lhe dizem respeito, compreendendo que raiou para seu espírito um novo dia no caminho redentor.”

Sobre hospital espiritual

A cura espiritual está relacionada à medicina espiritual e isso, de certa forma, tem ligação com os hospitais espirituais.

Isso porque os médicos que atuam nesses locais costumam auxiliar na recuperação dos encarnados.

O que é o hospital espiritual?

O hospital espiritual, como o termo indica, é o hospital da esfera espiritual.

No mundo astral também há hospitais como aqui.

Enquanto os hospitais terrenos atendem os encarnados, os hospitais espirituais auxiliam os espíritos desencarnados.

Nos hospitais espirituais, os ambientes também são voltados aos cuidados e tratamentos médicos, com recursos e equipes especializadas para o atendimento.

Como funciona o hospital espiritual?

Como os espíritos desencarnados não ficam doentes como acontece conosco, o funcionamento dos hospitais espirituais é um pouco diferente do que estamos habituados.

Esses ambientes servem para tratar os recém-chegados ao mundo espiritual, que carregam ainda em seus perispíritos, as impressões da Terra, como as dores e sofrimentos das enfermidades da carne.

Outro público atendido pelos hospitais espirituais são os espíritos resgatados de regiões menos elevadas, que ainda trazem lembranças do sofrimento.

Nos hospitais espirituais, há médicos espirituais e enfermeiros.

Eles utilizam recursos da medicina espiritual para tratar os desencarnados.

Além dos trabalhadores, também há espíritos à frente da administração, que são seres mais evoluídos.

E os hospitais espíritas?

É importante não confundir os hospitais espirituais com os hospitais espíritas.

Os hospitais espíritas são instituições psiquiátricas baseadas nos princípios do Espiritismo, que costumam tratar doentes mentais e usuários de drogas.

Nesses locais, além da medicina tradicional, também emprega-se os recursos e abordagens da medicina espiritual.

Vídeos sobre cirurgias espirituais e curas

Se você quer saber mais sobre as cirurgias espirituais e a cura, vale a pena assistir a palestras sobre o tema.

Na internet, é possível encontrar dois vídeos de explicações e histórias contadas pelos maiores médiuns do Brasil.

Confira:

Curas espirituais por Chico Xavier

Em entrevista concedida ao programa Pinga-Fogo, da extinta TV Tupi, Chico Xavier responde a perguntas sobre as curas espirituais.

Assista:

O dia em que Divaldo Franco foi operado por um espírito materializado

Durante uma palestra, Divaldo Franco conta a história de quando foi operado na garganta pelo espírito Irmã Scheilla materializado.

Na ocasião da cirurgia, ele estava com Chico Xavier.

Assista:

Conclusão

Como vimos neste artigo, a cirurgia espiritual é uma prática de cura espiritual.

Isto é, ainda que realizada por médiuns encarnados, tem influência dos espíritos.

A cirurgia espiritual é um dos recursos usados para a cura espiritual.

Nem sempre esse é o procedimento mais recomendado para o reajuste do espírito.

Há também outras abordagens terapêuticas tão eficientes quanto à operação.

Para finalizar, vale lembrar que a cirurgia espiritual ou qualquer outro tratamento da cirurgia espiritual visam auxiliar o reequilíbrio espiritual.

A cura é uma consequência do processo.

Gostou deste conteúdo sobre cirurgia espiritual? Então, aproveite o espaço ao final do texto para escrever o seu comentário.

Tem outro tema que gostaria de ver por aqui? Faça uma sugestão de assunto para a nossa equipe pelo formulário de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *