O Centro Espírita

O Centro Espírita, é ao mesmo tempo escola e hospital, que acolhe a todos os que procuram paz e esclarecimento, a simplicidade do centro espírita é a característica principal que possui, sendo muito acessível para todas aquelas pessoas que tentam visitá-lo pela primeira vez.

Todos os comportamentos e atividades que nele ocorrem são baseados na codificação espírita, nos ensinamentos que os cinco livros que fazem parte da codificação possuem.

Se deve lembrar em todo momento as palavras do querido Mestre Kardec: “Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo”; sim amor a instrução não tem sentido, e esse é o verdadeiro roteiro dos Centros Espíritas.

O Centro Espírita, dedica-se à disseminação dos conhecimentos e princípios da codificação kardequiana, acolhe a todos os interessados em aprender sobre a natureza do mundo espiritual e aprimoramento intelecto-moral tendo como princípio ético os ensinos do Mestre Jesus, guia e modelo da Humanidade.

O que significa Centro Espírita?

Centro Espírita é a sede ou espaço físico onde um grupo de pessoas reúne-se para o estúdio e a prática dos conhecimentos espíritas segundo orienta a Codificação Espírita.

O Centro Espírita é uma experiência social que permite o aprimoramento intelecto – moral, cada um dos participantes compartilham interesse pelo bem, voltado a aprendizagem e a caridade, tomando isto em conta compreendemos que a experiência ainda é maior, guiados pelos ensinos do Mestre Jesus cada um dos frequentadores da casa espírita são inspirados pelas vibrações dos mentores espirituais.

O Centro Espírita é também sede de vibrações benfeitoras que auxiliam, que inspiram e ajudam nas diferentes tarefas que promovem o progresso individual e coletivo.

Consolo e esclarecimento é uma das labores primordiais das casas espíritas, o esclarecimento de todas aquelas dificuldades que parecem não ter solução, desde uma lógica diferente que permita acalmar a agitação que provoca a tristeza.

Por tudo isso o Centro Espírita além de uma estrutura física é um lugar de reencontro com a Divindade onde cada um de nós pode religar-se com Deus e Jesus fazendo nos lembrar que somos Espíritos imortais.

Como funciona o Centro Espírita?

O espiritismo não tem uma hierarquia de tipo religiosa, devemos lembrarmos o que falam os Espíritos: a única autoridade que existe é a autoridade moral. Mas as estruturas humanas precisam de uma ordem para seu funcionamento, portanto vai requerer pessoas responsáveis e sobretudo conhecedoras da doutrina espírita para organizar as diferentes atividades.

Devemos entender que o Centro Espírita não é uma instituição como outras, esta é uma instituição voltada para o amor, na qual a cabeça é liderada pelos ensinos de Jesus, assim, todo os esforços devem ser voltados a cumprir a máxima que faz parte fundamental do espiritismo “Fora da caridade, não existe salvação”.

Logo de se constituir o Centro Espírita toda atividade da instituição deverá ser estabelecida com clareza para as pessoas que serão responsáveis pela organização e para os frequentadores das atividades.

O Centro Espírita deverá contar com uma Diretoria onde se escolherá um presidente ou diretor que tenha capacidade de eleger e que possua conhecimento doutrinário e assim garantir o desenvolvimento da tarefa na qual está comprometido.

As atividades em um Centro Espírita deverão atender a um cronograma adequado para a prática e desenvolvimento dos estudos segundo os lineamentos doutrinários da codificação espírita.

O Centro Espírita conta com diferentes áreas ou departamentos:

  • Administrativo e financeiro.
  • Departamento doutrinário.
  • Assistência espiritual.
  • Família, infância e juventude.
  • Assistência social.
  • Divulgação.

Devemos entender que a casa espírita é um lugar de formação do ser, e que sua matéria-prima são as pessoas, por tanto o trabalho tem que ser executado com o maior dos cuidados, o Espiritismo é uma ferramenta de transformação da humanidade, por esta razão o Centro Espírita tem que ser dirigido por pessoas cientes da própria necessidade de aperfeiçoamento e mudança interna, que é a melhor forma de progredir.

Centro Espírita Kardecista

O espiritismo é um, e não se pode falar de Centros Espíritas com “X” denominação, a palavra Espiritismo foi criada por Allan Kardec como podemos ver no prefácio do Livro dos Espíritos:

“Em lugar das palavras espiritual, espiritualismo, empregaremos, para designar esta última crença, as palavras espírita e espiritismo, cuja forma lembra a origem e o sentido radical e que, por isso mesmo, têm a vantagem de ser perfeitamente inteligíveis, reservando ao vocábulo espiritualismo a sua acepção própria. Diremos, pois, que a Doutrina Espírita ou o Espiritismo tem por princípio as relações do mundo material com os Espíritos ou seres do mundo invisível. Os adeptos do Espiritismo serão os espíritas ou, se quiserem, os espiritistas.”

Objetivos do Centro Espírita

Os objetivos fundamentais do Centro Espírita são a divulgação e o ensino da Doutrina Espírita.

A divulgação, motivação e informação às pessoas, procurando alcançar um grande número de indivíduos para que estes fiquem interessados no ensino posterior do espiritismo. A divulgação pode variar entre diferentes metodologias, por exemplo: palestras públicas, discussões de filmes, exposições literárias entre outras.

O ensino da Doutrina Espírita tem que ser pedagógico, sistemático, envolvido de um ambiente de harmonia e cordialidade para assim absorver a sabedoria dos Espíritos, e aos poucos a alma vai se esclarecendo, o que permite que continue seu processo de crescimento espiritual.

Ter clareza da responsabilidade, dos trabalhos que se realizam no Centro Espírita é indispensável para o desenvolvimento de si próprio e de todos os que fazem parte da casa espírita.

Dentro do estudo se procurará fazer ênfase na CARIDADE já que sem ela não existe salvação, a FRATERNIDADE que é a primeira recomendação do Kardec com respeito ao amor ao próximo, além disso o ESCLARECIMENTO que tem que ver com a segunda recomendação do Mestre Allan Kardec e que tem a ver com a instrucção.

Ao atender estes objetivos se mantêm fortes os cimentos da casa espírita para não ter brechas onde possam influenciar Espíritos malfeitores ou maledicentes criando má vontade entre os integrantes do grupo.

Estar todos voltados no estudo e práticas acertadas da Doutrina Espírita, permite um crescimento harmônico de todo o grupo sendo beneficiados pelos benfeitores espirituais que inspiram aos membros da casa espírita para atingir nobres objetivos no bem, sendo o amparo do próximo.

Quais são as principais atividades no Centro Espírita?

  • Reuniões de estudo da Doutrina Espírita (geral).
  • Reuniões de estudo e reflexão do Evangelho à luz da Doutrina Espírita.
  • Reunião Mediúnica.
  • Reunião mediúnica de desobsessão.
  • Reunião de vibrações em favor de necessitados, doentes etc.
  • Reunião de Passe espírita.
  • Cursos de estudo, educação e desenvolvimento da mediunidade.
  • Atendimento fraterno.
  • Evangelização infanto-juvenil.
  • Eventos de divulgação da Doutrina Espírita.
  • Organizar grupos de assistência e promoção social espírita.
  • Estimular reuniões de estudo do Evangelho no Lar.
  • Participação de encontros e atividades do movimento espírita local, regional e internacional.

Atendimento espiritual no Centro Espírita

Na casa espírita o mundo espiritual e material estão conjugados de um jeito especial, encontrando o consolo tanto encarnados como desencarnados, compreendemos melhor com o texto da pergunta N° 459 do Livro dos Espíritos:

  1. Influem os Espíritos em nossos pensamentos e em nossos atos?

“Mais do que imaginais, pois com bastante frequência são eles que vos dirigem.”

Orientar corretamente as pessoas que frequentam o Centro Espírita em procura de consolo ou esclarecimento é uma prática básica recomendada nas casas espíritas, nesta prática, a orientação baseada na doutrina espírita tem o poder de ajudar no esclarecimento das ideias obtendo outro ponto de vista mais espiritualizado que acalma a ansiedade que pode estar sentindo com seu drama.

Quando pudermos olhar para o conflito a partir da imortalidade da alma, compreenderemos as grandes oportunidades disponíveis para desenvolvermos nossos valores morais que nos ajudarão a crescer à medida que superamos o desafio.

O atendimento fraterno não procura solucionar os problemas de aqueles que se aproximam, o verdadeiro propósito é ESCLARECER procurando o entendimento do mesmo para tomar as decisões que nos ajudem a superar-nos.

A escuta disposta e tranquila de parte do atendente fraterno cria o ambiente de confiança para que a pessoa que procura ajuda possa sentir-se confortável compartilhando sua problemática. Além de tudo, o ambiente da casa espírita, com o benefício da cobertura espiritual, inspira aos atendentes para encontrar as palavras certas que possam orientar e consolar.

O atendente deve possuir conhecimento doutrinário, um temperamento calmo e grande capacidade para escutar e guiar de maneira prática e sobretudo amorosa.

A presença nas diferentes atividades do Centro Espírita é outra forma de receber ajuda espiritual, fluidos dos benfeitores da casa, influenciará no campo físico, emocional e psíquico segundo os méritos que cada um possua.

O atendimento espiritual depende da predisposição de cada indivíduo, se o coração da pessoa está aberto para os esclarecimentos estes encontraram ressonância em sua consciência; da mesma forma ao presenciar uma palestra ou estudo, os bons Espíritos aproveitam todas as oportunidades onde os pensamentos estejam elevados para poder ajudar quem precise e esteja em sintonia.

Palestras Espíritas

Uma das formas para difundir a Doutrina Espírita é através das palestras ou conferências, os temas que são apresentados são atuais, de interesse geral mas com uma abordagem à luz do Espiritismo, são muito amplas as temáticas que podem-se abordar à luz da doutrina esclarecedora de Jesus ou Espiritismo.

A exposição do tema se produz de uma forma simples, ressaltando os pontos doutrinários sempre em procura do esclarecimento dos ouvintes, os diversos temas da abordagem sempre contém uma tônica que faz lembrar dos valores éticos e morais, levando-os à refletir que a vivência é o mais importante aos olhos do mundo espiritual.

Não tem maior importância se o palestrante tem uma grande facilidade de palavra, o fundamental é que tenha coerência moral para que possa falar dos temas, o palestrante deverá ser frequentador e trabalhador da casa espírita, conhecedor da doutrina e por acima de todas as coisas, praticante do amor e caridade.

As palestras tem hoje uma grande repercussão em todos nós e existem notáveis divulgadores espíritas que além do dom da palavra trazem com facilidade a compreensão da doutrina, mas o mais importante de tudo, a vivenciam.

Hoje temos a facilidade de assistir palestras via on-line o que permite maior cercania e aprimoramento doutrinário, encontramos por exemplo plataformas como EspiritismoPLAY da Mansão do Caminho onde encontraremos conteúdo adequado que vai fortalecer nossos estudos doutrinários.

Aproveitemos dos recursos das palestras para fortalecer e nutrir nosso Espírito.

Reunião mediúnica

As pessoas que ainda não tiveram a possibilidade de frequentar uma reunião mediúnica naturalmente têm curiosidade de como é e quais são os elementos necessários para participar.

Para poder explicar isso da melhor forma deveremos compreender algumas coisas primeiro…

A mediunidade é uma faculdade humana natural, onde se estabelecem relações entre os encarnados e os Espíritos.

A mediunidade não se trata de um poder sobrenatural ou oculto, a pessoa que a possui de forma ostensiva não é um Guru ou Mestre, esta desenvolve-se naturalmente.

Nas casas Espíritas se oferecem cursos para o desenvolvimento mediúnico, cabe lembrar que todas as atividades de uma casa espírita são de graça, e mais quando falamos da mediunidade onde devemos lembrar das palavras do Mestre Jesus, “Dai de graça o que de graça recebeste.”

Quando a pessoa for educada na mediunidade por meio do curso para o desenvolvimento mediúnico passará a frequentar a reunião mediúnica.

Na reunião mediúnica, pessoas harmonizadas entre si e com pensamentos voltados para o bem se dispõem para ser parte do intercâmbio entre o mundo material e espiritual, entendendo cada um dos participantes, que possuem conhecimento doutrinário, que estão no momento onde a caridade vai se manifestar.

Os médiuns elevam os pensamentos enquanto nos primeiros momentos se faz uma leitura e reflexão de um tema das obras básicas Kardequianas e aos poucos, alguns vão sentindo a proximidade daqueles irmãos espirituais que procuram ajuda, finalmente se dá início com uma prece.

Para a reunião mediúnica se precisa pontualidade e disciplina, sem elas dificilmente poderá desenvolver-se com seriedade, os mentores da casa espírita e principalmente o Diretor espiritual da atividade deverão preparar com antecipação quais serão os Espíritos atendidos em aquela ocasião para preparar aos médiuns para o trabalho de intercâmbio mediúnico.

Consolo e esclarecimento recebem aqueles Espíritos pouco esclarecidos que se manifestam, existem pessoas esclarecidas (Doutrinadores) que dão consolo aqueles Espíritos sofredores que ainda não encontraram o sossego, e através da luz do amor, são guiados a mudar seu foco para livrar se definitivamente do peso da matéria plasmada em seus pensamentos.

Existem também manifestações consoladoras onde os benfeitores da casa, Espíritos familiares e empáticos se manifestam para orientar aos trabalhadores da reunião mediúnica.

Cada reunião tem muito aprendizagem por parte dos Espíritos esclarecidos e de aqueles que por enquanto são sofredores, a caridade realmente está sendo feita nesse instante porque nem os sofredores nem os encarnados podem retribuir a bondade concedida.

Ao terminar a reunião se concluirá com uma prece proferida pelo Diretor o responsável (encarnado) da atividade, para logo depois dar a palavra a cada um dos membros e assim todos poder dar suas impressões do vivenciado.

O que acontece na reunião mediúnica não será divulgado fora dela e sempre se deverá ter prudência e ser austero na forma de comportamento, isto garante o amparo dos bons Espíritos.

A reunião mediúnica é caridade e aprendizagem, quem se propõe ser um trabalhador sério de uma reunião mediúnica está-se fazendo muito bem, por isso precisa disciplina e conhecimento.

Tratamento Espiritual

Os Centros Espíritas oferecem vários tipos de tratamentos espirituais os quais podemos aproveitar para nossa melhoria. É assim que temos:

Atendimento fraterno, onde uma pessoa pode ser orientada a luz do espiritismo sobre uma problemática específica, esta atividade é realizada por um atendente, educado para realizar o atendimento, com conhecimento doutrinário e com vontade de ajudar ao próximo.

O Passe Espírita, consiste na transmissão da bioenergia para outra pessoa através da imposição de mãos, para fortalecer os campos mentais, psíquicos e físicos.

A água fluida, trata-se de água que é magnetizada pelos mentores espirituais da casa no momento de uma atividade, no instante das preces e no desenvolvimento da mesma.

Preces, vibrações, tratamentos à distância, nomes de pessoas que precisam de amparo físico, emocional, são colocados para que sejam atendidos pelas vibrações benéficas das pessoas comprometidas pelo bem e também dos mentores espirituais.

Reunião mediúnica de desobsessão espiritual, nesta reunião colocam os nomes de pessoas que procuram um tratamento para suas aflições espirituais, onde um dos médiuns, no momento que os mentores espirituais da casa permitem atrair as entidades que podem estar atormentando e ocasionando inconvenientes, o recebe (mediunicamente) para que o doutrinador possa-lhe ajudar.

A variedade de tratamentos oferecidos no Centro Espírita fazem dele o lugar idôneo para nosso crescimento, encontrando instrução e consolo em cada uma das atividades que desenvolve.

Passes: Como funciona o passe no Centro Espírita?

Um dos tratamentos mais procurados em nas casas espíritas são os passes, o passe espírita consiste na transfusão de energias benéficas para uma pessoa que está doente, o que procura paz interior.

Recordemos que os antigos cristãos imponham as mãos sobre as pessoas doentes e possessos e eles melhoraram, cabe dizer que para ter o benefício do passe há que ter a predisposição para receber os benefícios do mesmo, nossa predisposição moral, elevação do pensamento ajudará para que o beneficiário do passe possa sentir seus efeitos.

Por outra parte, o passista tem que se preparar moral e intelectualmente.

Moralmente mantendo um comportamento austero, afável e gentil para que sua bioenergia não interfira com o processo do passe e que sua vibração possa ajudar nas melhorias dos frequentadores.

Intelectualmente, o Centro Espírita disponibiliza cursos periódicos onde as pessoas depois de uma análise própria e com conhecimento doutrinário se preparam para realizar passes.

O passe espírita ajuda a fortalecer o corpo físico, mas também descola aquelas influências espirituais que perturbam e ocasionam estragos nas outras áreas da vida.

O passe é um grande recurso para a melhora íntima, calma e fortalece o perispírito, elimina influências energéticas nocivas, sempre e quando nós estivermos com nossos pensamentos direcionados para o bem.

O passista fará uma prece mientras impõe as mãos sobre o receptor do passe com sua melhor predisposição, solicitando o auxilio do mundo espiritual, assim, a espiritualidade superior corresponderá a la petição provendo fluidos benéficos que ajudarão a quem procura um auxílio.

Livro de Preces

O Centro Espírita também disponibiliza para os frequentadores uma caderneta ou folhas de papel onde se colocaram em diferentes folhas (uma por cada grupo) os nomes de pessoas encarnadas, doentes físicos, doentes psíquicos, familiares e desencarnados.

Ao colocar os nomes nestes livros ou folhas, as equipes que conformam as diferentes reuniões, mediúnica ou das reuniões doutrinárias vibram pelas melhorias das pessoas cujos nomes constam no livro / folhas.

Este é assim como os outros, um trabalho de doação e amor para com o próximo, lembremos que todos nos beneficiamos da oração, a prática em nossos lares é de suma importância e quando outras pessoas vibram por nós temos o benefício da doação de amor que estão nos fazendo, sempre e quando nós estejamos sintonizados.

Precisamos estar em sintonia com os mentores da casa espírita para sentir com maior força os benefícios dos tratamentos espirituais, a educação, elevação de pensamento fazem parte do esclarecimento e reforma moral que é o propósito primordial da Doutrina Espírita.

Conclusão

O Centro Espírita é um celeiro de benção onde podemos confortar nossa almas com esclarecimentos oportunos, um verdadeiro hospital de almas, encarnados e desencarnados recebem ajuda moral e espiritual, sem esquecer da ajuda material para todos aqueles irmãos carentes do necessário para a supervivência.

Quem frequenta o Centro Espírita se prepara educando sua alma para compreender a vida futura, a reencarnação, e sendo útil como trabalhador converte-se em mão bondosa da Divindade para fazer o bem.

O Centro Espírita, escola de almas, mostra o verdadeiro significado da religiosidade sem ser religioso, trazendo a vida a máxima de Jesus, “amar ao próximo como a si mesmo”.

Referências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *