Pular para o conteúdo

Os Espíritos sabem quando pensamos neles? E têm saudades?

Os Espíritos sabem quando pensamos neles?

Um dos maiores questionamentos dos entes queridos dos desencarnados é se os Espíritos sabem quando pensamos neles e se têm saudades.

A Doutrina Espírita fornece uma valiosa compreensão quanto a isso e pode nos ajudar não só a lidar com o luto, como também a auxiliar nossos irmãos desencarnados.

Neste conteúdo, vamos explicar isso com detalhes.

Continue a leitura!

Os Espíritos sabem quando pensamos neles?

Os Espíritos sabem quando pensamos neles?

Segundo o Espiritismo, não há morte, pelo menos não como a conhecemos popularmente.

O que ocorre é a passagem do espírito para outro plano espiritual, no qual não carece da permanência do corpo físico.

Logo, a vida continua e os desencarnados têm consciência disso.

Isso significa que eles podem ter acesso sim aos nossos pensamentos, bem como pensar em nós.

Inclusive, quando há dificuldade para lidar com o desencarne, o Espírito pode ter problemas para seguir, uma vez que se apieda da angústia de quem ficou.

Quem morre pode nos ver e ouvir?

O que acontece após o desencarne é determinado pela vibração e mérito do indivíduo.

Portanto, pode acontecer de ele ficar um tempo inconsciente para se recuperar, preso em zonas inferiores ou sem permissão ou condição de visitar seus entes ainda encarnados.

No entanto, com a devida permissão, os desencarnados podem nos ver e nos ouvir.

Essa comunicação é bastante realizada em reuniões mediúnicas.

Porém, o Espírito pode visitar-nos quando for conveniente

Qual a influência dos Espíritos na nossa vida?

Qual a influência dos Espíritos na nossa vida?

É diversa a influência dos espíritos na nossa vida.

Eles podem nos auxiliar, como fazem os Espíritos amigos e mentores espirituais.

E podem nos atrapalhar, como acontece com os obsessores e seres de vibração inferior.

Ainda, podem nos pedir ajuda, como acontece em centros espíritas e em manifestações mediúnicas.

Amor entre encarnado e desencarnado

O amor não termina com o desencarne, bem como a vida também não.

Logo, essa forte ligação entre os espíritos se perpetua e, no futuro, eles podem se reencontrar se for conveniente para ambos.

Livro dos Espíritos: O que diz o livro dos espíritos sobre a influência dos Espíritos na nossa vida

Qual a influência dos Espíritos na nossa vida?

No Capítulo IX de O Livro dos Espíritos, somos esclarecidos sobre a influência dos Espíritos na nossa vida.

Acompanhe um trecho:

(Pergunta 525) “Exercem os Espíritos alguma influência nos acontecimentos da vida?”

Resposta: “Certamente, pois que te aconselham.”

  1. a) “Exercem essa influência por outra forma que não apenas pelos pensamentos que sugerem, isto é, têm ação direta sobre o cumprimento das coisas?”

Resposta: “Sim, mas nunca atuam fora das Leis da Natureza.”

Quem morre sente saudades?

Quem morre sente saudades?

Quando o Espírito parte para outro plano espiritual, nem sempre tem o desejo de partir e também sente saudades de seus entes queridos.

Alguns desencarnados, inclusive, acabam atrasando seu progresso ao se encontrarem presos no mundo material, inconformados com a partida.

No entanto, existe a saudade saudável, repleta de amor e do desejo de auxiliar os que ficaram.

Neste caso, há a compreensão da brevidade da vida terrena e a certeza do reencontro futuro.

Quem morre lembra da família (Espiritismo)?

Quem morre sente saudades de quem ficou, de maneira muito parecida com o sofrimento terreno.

Há os mais conformados e esclarecidos.

Porém a saudade é inevitável e o desejo de estar junto ao seio familiar é latente, principalmente ao se deparar com a dor provocada nos que ficaram.

Como saber se a pessoa que morreu está bem?

Os Espíritos sabem quando pensamos neles?

Para saber se um desencarnado está bem, é preciso refletir sobre sua jornada durante a encarnação.

Se ele foi um indivíduo bom, justo e caridoso, certamente estará bem, pois cada ser é direcionado ao plano espiritual compatível com sua vibração.

No entanto, existem maneiras de conseguir contato nos centros espíritas, participando de reuniões mediúnicas.

Mas, vale ressaltar, que esta comunicação só acontece se o seu resultado for benéfico ao progresso de ambos.

Como saber se o espírito aceitou a morte?

A aceitação do desencarne é muito particular para cada indivíduo.

Todos passam por momentos de perturbação e é necessário se adaptar à nova realidade.

Não há uma maneira exata de saber se o espírito aceitou a morte, há menos que ele decida se comunicar.

Nesse caso, é importante fazer orações e emanar energias de luz para que o ser encontre seu caminho.

E quando o espírito não aceita a morte

Em reuniões mediúnicas, existem relatos de espíritos “perdidos” ou “desinformados”, que não estão cientes que desencarnaram.

Quando isso acontece, os médiuns presentes nas reuniões buscam prestar esclarecimentos e ajudar esses espíritos a abrirem campo para serem auxiliados pelos espíritos amigos.

Nem sempre há sucesso na primeira comunicação, porém muitos são ajudados nesses ambientes.

Quanto tempo demora para o Espírito saber que morreu?

Os Espíritos sabem quando pensamos neles?

Este questionamento é bem comum e muitos se perguntam ainda se quando a pessoa morre ela vê seu velório e quanto tempo o Espírito demora para acordar.

Porém, a resposta para essas questões é: depende!

É relativo ao estágio letárgico do espírito.

Muitas vezes, eles entram em um estado de “sono” ao desencarnar e passam por um período de adaptação e ajuste para o novo estágio.

Mas há aqueles que recobram a consciência rapidamente e conseguem acompanhar os processos que sucedem sua passagem.

Quanto tempo o Espírito fica na terra após a morte?

Após o desencarne, o espírito é atraído para o local que está compatível com sua sintonia e evolução.

Alguns espíritos, muito inferiores, são direcionados para zonas fora da terra de baixa evolução moral.

Enquanto outros, já evoluídos, podem transitar entre os mundos e zonas de moral superior.

Logo, não há um tempo certo para que o espírito perceba que desencarnou e se encontre em sua zona astral de sincronia.

Quanto tempo um Espírito demora para se comunicar?

comunicacao espirito

Nem todos os espíritos estão aptos a se comunicar e transmitir uma mensagem para seus familiares.

Bem como não há um tempo determinado para que isso aconteça ou não.

Contudo, é importante compreender que esse contato só acontece quando o objetivo é ajudar ambos em sua escala evolutiva.

Ou seja, se a comunicação puder reverberar em aumento do apego e mágoa, pode ser impedida para que não haja um sofrimento maior.

Como os espíritos se comunicam com a gente?

Para que os espíritos que estão no mundo espiritual se comuniquem com a gente, é necessário o apoio de um médium.

A maneira mais segura de realizar esse contato é em reuniões mediúnicas.

Afinal, é um ambiente energeticamente preparado para essa comunicação e há pessoas com bastante controle de sua mediunidade que podem transmitir a mensagem com confiança.

Conversar com Espíritos nos sonhos

Quando adormecemos, passamos pelo processo de desdobramento, no qual nosso perispírito se desprende parcialmente de nosso corpo físico e é atraído aos locais compatíveis com sua vibração.

Logo, para se encontrar com um ente querido desencarnado, é preciso vibrar em sintonia parecida com a dele.

Em segundo lugar, não tenha medo e converse com ele de forma clara.

Esse contato também só é permitido quando o resultado for benéfico para ambos.

Faça sempre orações e direcione pensamentos de amor para o desencarnado.

Os desencarnados vêm nos visitar?

Após um tempo de recuperação no mundo espiritual, o Espírito já preparado pode ser autorizado a visitar seus entes queridos encarnados.

Nem sempre é possível perceber essa visita e, na maioria das vezes, não é necessário que um contato se faça.

Nem todos os desencarnados vêm nos ver, mas continuam nutrindo o amor e afeto em seus corações até o momento oportuno do reencontro.

Vida após a morte Espiritismo – a vida continua…

Vida após a morte Espiritismo

Como sabemos, a morte não existe e o que acontece após o desencarne é muito particular, relativo ao grau evolutivo do indivíduo.

Há aqueles que precisam passar um tempo se recuperando e recebendo auxílio nos hospitais espirituais.

Muitos estudam e trabalham no mundo espiritual até receberem a autorização de reencarnar, caso necessário.

Existem os espíritos que não necessitam mais retornar à Terra e seguem sua jornada auxiliando no plano espiritual.

Têm ainda os que passam um período em zonas inferiores, colhendo os frutos de seus atos infelizes até estarem em sintonia suficiente para serem ajudados.

É importante frisar que ninguém fica desamparado e todos são devidamente acolhidos para que continuem evoluindo da melhor maneira possível.

Conclusão

Como vimos, os Espíritos sabem quando pensamos neles e têm saudades.

Nem sempre eles podem estar presentes e nos visitar ou se comunicar.

Afinal, é um momento delicado também para eles e carece de cuidados e restrições.

Contudo, o laço de amor permanece para além da vida terrena e o reencontro ocorre no momento certo.

Por isso, é importante que busquemos consolo na Doutrina Espírita e nos concentremos em emanar vibrações superiores através de orações.

E então, este artigo foi útil para você? Você já se comunicou com algum ente desencarnado?

Conte para a gente nos comentários, pois será um prazer conhecer suas experiências.

Deseja sugerir algum conteúdo? Então preencha nosso formulário de contato e deixe sua ideia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *