Pular para o conteúdo

André Luiz: quem foi esse espírito admirável das obras de Chico Xavier?

André Luiz espírito

André Luiz é um dos nomes de Espíritos Mentores mais conhecidos do Espiritismo no Brasil.

Graças a ele, ampliamos o nosso conhecimento sobre o mundo espiritual e a vida na Terra.

Isso porque André Luiz, através de médiuns, sobretudo de Chico Xavier, transmitiu valiosos ensinamentos e mensagens aos encarnados.

É certo dizer ainda que a sua própria história é uma grande lição.

Neste artigo, vamos conhecer mais sobre esse espírito que nos trouxe tamanho aprendizado.

Acompanhe!

André Luiz: espírito nobre das obras de Chico Xavier

André Luiz

André Luiz é um nobre Espírito, autor de diversas obras psicografadas por Chico Xavier.

Entre elas, Nosso Lar, que é um dos principais romances espíritas publicados até hoje.

Com o seu relato, podemos compreender com riqueza de detalhes como é a vida após a morte, inclusive o “lugar de transição” dos espíritos que não souberam aproveitar a oportunidade de evolução na Terra, que, como ele mesmo define no Cap. 12 da referida obra: “uma região destinada a esgotamento de resíduos mentais“.

André Luiz, inclusive, dá nome a essas regiões inferiores que, até então, não tinham uma designação: o Umbral.

Ainda que essa contribuição tenha sido muito expressiva, ela não foi a única conferida por ele.

Outra informação bastante relevante dada em outra obra literária é sobre a glândula pineal.

Em 1945, no livro Missionários da Luz, André Luiz revelou que a epífise ou glândula pineal – era uma estrutura localizada no centro do cérebro – e responsável pela produção de melatonina.

Tal fato só foi confirmado pela ciência mais de uma década depois.

Quem foi André Luiz na Terra?

Sabemos que André Luiz foi um médico em sua última encarnação, e que o nome usado nas obras de Chico Xavier não era o seu verdadeiro.

Por suas mensagens, entendemos que ele decidiu permanecer no anonimato porque a existência humana ainda não pode compreender toda a verdade.

Ainda assim, há teorias que tentam associá-lo a Oswaldo Cruz e Carlos Chagas.

André Luiz teria desencarnado em um hospital em decorrência de cirrose hepática e oclusão intestinal.

Por que André Luiz foi para o Umbral?

André Luiz passou mais de oito anos no Umbral.

Vendo todos os seus feitos, a ida dele às zonas inferiores após o desencarne pode causar espanto.

Mas a verdade é que André Luiz cometeu muitos erros em sua encarnação e foi considerado um suicida mesmo sem ter atentado diretamente contra a própria vida.

Para entender o motivo de André Luiz ter vivido no Umbral, precisamos explanar o que é o Umbral e as razões pelas quais os espíritos são encaminhados à região.

Como vimos, o Umbral é uma morada provisória de espíritos que tendo uma vida pouco produtiva, desperdiçaram tempo e saúde durante a passagem pela Terra.

Vão para o Umbral também aqueles que cometeram delitos morais enquanto estavam encarnados.

Isso não significa que as falhas tenham que ser graves, pelo menos não aos olhos da justiça dos homens.

É um erro pensar que só os espíritos de classes muito inferiores, como os que matam e roubam, passam pelo Umbral.

Na realidade, a maioria dos espíritos desencarnados são direcionados às zonas umbralinas para refletir sobre a vida que desenvolveram na Terra.

Quem guarda mágoas e culpas, ou seja, acumula sentimentos ruins e pensamentos negativos, também permanece no Umbral até expurgar os fardos.

Assim como aqueles que possuíam vícios e comportamentos autodestrutivos, como é o caso de André Luiz.

Ele foi considerado um suicida por excessos na alimentação, abuso de bebidas alcoólicas e outros hábitos ruins sustentados durante a vida terrena.

O suicídio não é somente caracterizado pelo atentado fatal contra o corpo de maneira consciente.

É também uma ação inconsciente, que ocorre por uma sucessão de maus hábitos.

Os suicidas, seja por qualquer classificação, vão para o Umbral, em outros casos podem ficar em um lugar específico chamado Vale dos Suicidas.

André Luiz e Chico Xavier

André Luiz espírito

Cena fime “Nosso Lar”

Chico Xavier publicou diversos livros com a autoria de André Luiz.

Segundo ele, um dia o espírito de André Luiz se manifestou e disse que escreveriam alguns livros juntos.

Chico, então, perguntou qual seria o nome assinado nas obras.

O espírito escolheu André Luiz, mesmo nome do meio-irmão de Chico Xavier.

Foi a Chico Xavier que André Luiz revelou ter sido um médico sanitarista conhecido no Rio de Janeiro no início do século XX.

Quantas obras de André Luiz?

Somente com o intermédio de Chico Xavier para uma coleção intitulada A Vida no Mundo Espiritual, André Luiz publicou 13 livros.

Além desses, o espírito escreveu outras obras com Chico e mais algumas com outros médiuns.

No total, contamos 33 livros assinados pelo espírito André Luiz.

Desses, há obras que foram compartilhadas com outros espíritos.

-> Ver livros André Luiz

Principais obras de André Luiz e Chico Xavier

André Luiz espírito

Cena fime “Nosso Lar”

Certamente, todas as obras de André Luiz são dignas de apreciação.

Mas, assim como acontece com todo autor, há sempre algumas que ganham destaque.

Não haveria de ser diferente com André Luiz.

A seguir, você confere os principais títulos assinados pelo espírito:

1. Nosso Lar

Nosso Lar traz a história do próprio espírito André Luiz, que desencarna e vai parar no Umbral.

Depois, ele é resgatado por espíritos de luz e levado para uma colônia espiritual chamada Nosso Lar.

O livro traz muitos detalhes da colônia e fornece uma belíssima lição de como as nossas ações influenciam o nosso destino no mundo espiritual.

2. Os Mensageiros

Os Mensageiros é uma espécie de continuação da história de André Luiz depois de Nosso Lar.

Em Nosso Lar, é possível acompanhar o início da evolução do espírito.

Já em Os Mensageiros, vemos André Luiz mais evoluído, saindo em missão de auxílio aos desencarnados necessitados fora da colônia espiritual.

3. Missionários da Luz

Missionários da Luz também narra alguns fatos da vida espiritual de André Luiz.

Na maioria dos episódios, ele está acompanhado do seu instrutor Alexandre.

No livro, André Luiz revela como se dá a reencarnação através da tarefa dos Espíritos missionários encarregados do processo do renascimento.

4. Obreiros da Vida Eterna

Obreiros da Vida Eterna é a quarta obra da série A Vida no Mundo Espiritual.

Nela, André Luiz conta detalhes de como são organizadas as missões espirituais.

Ele destaca o trabalho de amigos espirituais dedicados a fazer o bem.

5. Ação e Reação

Ação e Reação é uma obra que retrata a lei de causa e efeito a partir de acontecimentos reais narrados por André Luiz.

Uma das histórias compartilhadas por ele é sobre um homicídio cometido por interesses financeiros que desencadeou em enorme sofrimento.

Lista completa dos livros de André Luiz

Como vimos, há 33 livros assinados por André Luiz.

Confira a lista completa:

  1. Nosso Lar (1944)
  2. Os Mensageiros (1944)
  3. Missionários da Luz (1945)
  4. Obreiros da Vida Eterna (1946)
  5. No Mundo Maior (1947)
  6. Libertação (1949)
  7. Entre a Terra e o Céu (1954)
  8. Nos Domínios da Mediunidade (1955)
  9. Ação e Reação (1957)
  10. Evolução em Dois Mundos (1959, em colaboração com Waldo Vieira)
  11. Mecanismos da Mediunidade (1960, em colaboração com Waldo Vieira)
  12. Sexo e Destino (1963, em colaboração com Waldo Vieira)
  13. E a Vida Continua… (1968)
  14. Agenda Cristã (1948)
  15. Conduta Espírita (1960, psicografado por Waldo Vieira)
  16. Desobsessão (1964, em colaboração com Waldo Vieira)
  17. Vivendo a Doutrina Espírita – Vol. I (2015, por Antônio Baduy Filho)
  18. Vivendo a Doutrina Espírita – Vol. II (2015, por Antônio Baduy Filho)
  19. Vivendo a Doutrina Espírita – Vol. III (2015, por Antônio Baduy Filho)
  20. Vivendo a Doutrina Espírita – Vol. IV (2015, por Antônio Baduy Filho)
  21. Opinião Espírita (1963, ditado também por Emmanuel)
  22. Sol nas Almas (1964, psicografado por Waldo Vieira)
  23. Estude e Viva (1965, ditado também por Emmanuel)
  24. Sinal Verde (1971)
  25. Respostas da Vida (1974)
  26. Busca e Acharás (1976, ditado também por Emmanuel)
  27. Endereços da Paz (1982)
  28. Cidade no Além (1983, em colaboração Heigorina Cunha, ditado também pelo espírito Lucius)
  29. Apostilas da Vida (1986)
  30. Ação e Caminho (1987, ditado também por Emmanuel)
  31. A Verdade Responde (1990, ditado também por Emmanuel)
  32. Tempo e Nós (1993, ditado também por Emmanuel)
  33. Meditações Diárias (2009, coletânea de suas melhores mensagens).

Referência: https://pt.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9_Luiz_(esp%C3%ADrito).

Filme Nosso Lar

O primeiro livro de André Luiz, psicografado por Chico Xavier, foi Nosso Lar.

A obra inspirou uma produção nacional de cinema, com o mesmo nome, e foi sucesso de bilheteria.

O filme, lançado em 2010, atraiu mais de quatro milhões de espectadores aos cinemas.

Com direção de Wagner de Assis, o longa-metragem tem o ator Renato Prieto como André Luiz, além de outros nomes no elenco, como Fernando Alves Pinto (Lísias), Werner Schünemann (Emmanuel) e Inez Viana (Narcisa).

Assista ao filme:

Frases de André Luiz: 3 mensagens inspiradoras!

Em todas as suas obras, André Luiz fornece valiosos ensinamentos.

Confira a seguir três mensagens inspiradoras compartilhadas por esse espírito benfeitor:

1. Sobre o amor

“Tudo é amor. Até o ódio, o qual julgas ser a antítese do amor, nada mais é senão o próprio amor que adoeceu gravemente.”

2. Sobre a vida

“Não sobrecarregues os teus dias com preocupações desnecessárias, a fim de que não percas a oportunidade de viver com alegria.”

3. Sobre a prece

“A prece, qualquer que ela seja, é ação provocando a reação que lhe corresponde. Conforme a sua natureza, paira na região em que foi emitida ou eleva-se mais, ou menos, recebendo a resposta imediata ou remota, segundo as finalidades a que se destina.”

Vídeos sobre André Luiz

Ficou interessado sobre a vida de André Luiz?

Que tal saber mais sobre ele pelas palavras de grandes médiuns brasileiros?

Veja abaixo duas sugestões de vídeo:

Nosso Lar e o Mundo Espiritual – Divaldo Franco

Nesta palestra, Divaldo Franco revela sobre a viagem que Chico Xavier fez com André Luiz até o Nosso Lar.

Assista:

Como o espírito André Luiz se deu esse nome? Por Haroldo Dutra

Neste vídeo, Haroldo Dutra conta como André Luiz escolheu o seu pseudônimo.

Assista:

Conclusão

Como vimos, não é por acaso que André Luiz se tornou um dos nomes mais conhecidos do Espiritismo.

O espírito é responsável em grande parte pelo nosso conhecimento adquirido sobre o mundo espiritual e pela vasta literatura espírita.

Seremos eternamente gratos a André Luiz por seu trabalho e pelo seu exemplo.

Gostou deste conteúdo sobre André Luiz? Então, aproveite o espaço ao final do texto para escrever o seu comentário.

Tem outro tema que gostaria de ver por aqui? Faça uma sugestão de assunto para a nossa equipe pelo formulário de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *